Cuidados com o carro no inverno

O inverno já chegou e com ele veio, também, a neblina e o frio, que ficam maiores à medida que a temperatura cai.

Mas você sabia que, no inverno, os cuidados com o seu automóvel tem que ser redobrados? A Asiatica Automotive pensou em você e separou as melhores dicas para você cuidar do seu carro na estação mais fria do ano.

catedral maringa

Confira algumas dicas de manutenção de seu veículo durante esse período:

 – Pneus carecas são inimigos do piso úmido, verifique em todos os pneus, até mesmo o reserva, sinais de desgastes. Para não correr o risco de fazer uma avaliação errada, peça para um centro automotivo de confiança fazer essa checagem. O balanceamento e alinhamento economizam combustível e prolongam a vida útil dos pneus, por isso, vale lembrar que, por mais que a banda de rodagem seja de alta qualidade, se os pneus apresentarem bolhas na lateral devem ser descartados.

– Em caso de carros movidos a álcool ou flex, mantenha o reservatório de partida a frio abastecido com GASOLINA, isso vai facilitar a partida nas manhãs frias.

neblina SDC10249

– Verifique os faróis e lanternas e, se for necessário, substitua as lâmpadas danificadas pois, se você tiver que dirigir na neblina eles serão essenciais para que você tenha  uma visão limpa da pista.

– Cuidado REDOBRADO com o combustível muito barato no inverno, os combustíveis adulterados geram dificuldade de ligar o motor logo pela manhã, que se acentua quando a temperatura abaixo de 18ºC.

– Deixe o limpador de para-brisa limpo, lavando-o bem para ter uma boa visibilidade na hora de dirigir, lembre-se de manter o reservatório do limpador abastecido com o detergente específico;

thumb_image

– Verifique o visor da parte superior da bateria, se ele estiver VERDE, significa que está tudo em ordem, se estiver PRETO, isso indica que alguma coisa não está correta, portanto, se ele estiver preto, leve o seu carro até o centro automotivo de confiança e peça para verificarem se o alternador e as correias estão funcionando perfeitamente.

Gostaram das dicas? Então, deixe seu comentário! #TeamAsiatica #AsiaticaAutomotive

Dicas para manter a calma no trânsito

Você perde, com facilidade, a tranquilidade durante a direção em um trânsito complicado? Respire fundo, relaxe e evite problemas maiores conferindo as dicas que a Asiatica separou especialmente para você!

 – Sempre assuma os seus erros, se você está sendo um motorista agressivo, saiba que, antes de tudo, a vida de outras pessoas está em risco.  Assuma o seu erro e tenha consciência que está ultrapassando os limites, lembrando que o estresse pode tomar conta do seu temperamento e vai te trazer um desconforto imenso no seu círculo social.

BlogDB01-7

– Observe o seu próprio comportamento, preste atenção em suas próprias atitudes, palavras e emoções e perceba o quanto você está sendo agressivo ao falar dos outros motoristas, uma pausa para reflexão nesses sentimentos fará com que você se sinta aliviado, utilize um diário para anotar todos os xingamentos usados nesses momentos de tensão.

– Se você começou a seguir as dicas acima, comece de vez a sua mudança de comportamento, ao levar uma fechada, ao invés de xingar o outro motorista, faça uma piada sobre a pressa da pessoa, ou dê um alerta de forma educada para que aquilo não acabe se repetindo outras vezes.

– Não buzine para repreender alguém em hipótese alguma, o outro motorista pode ter muito menos controle pessoal do que você e pode partir para algum tipo de agressão.

722789_INSaibaoquefazeremcasodeacidentesnotrAnsitojpg

– Não demonstre reação física diante de um motorista agressivo, muito menos encare olho a olho se o motorista estiver te encarando.

– Não se sinta menor em ter que pedir desculpas, mesmo se você não estiver errado, a melhor opção é sempre uma solução rápida e tranquila.

Gostaram das dicas? Por isso sempre dirija com muita calma, atenção e em modo defensivo, assim você evita situações de risco e disputas.

Selo Inmetro deve estar em todos os carros até 2017

O Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV), do Inmetro, existe desde 2009 – quando começou a ser estudado junto com as marcas Chevrolet, Fia, Honda, Kia e Volkswagem – e conseguiu, no ano passado, a adesão de mais de 30 marcas, que possuem o selo do Inmetro em seus carros, com as exigências do regime Inovar-Auto (novo regime automotivo, lançado pelo Governo com o intuito de promover a competitividade da indústria automotiva nacional).

Veiculo / Etiqueta de consumon de combustivel dos automoveis da Kia

A entidade espera que, até o ano de 2017, todas as marcas existentes no mercado estejam participando do programa. A meta em comparação ao ano passado é melhorar a eficiência energética em 12%, o que significa que a diminuição de consumo de combustível deve ser em torno de 13,6%, que é considerada a média dos modelos à venda de cada fabricante.

ford-ka-etiqueta-conpet-1402007624468_300x420

Acredita-se que a maioria das fábricas tentará atingir pelo menos o primeiro nível, incluindo todos os custos de difícil repasse ao preço final de venda. O PBEV ainda inclui dados de emissões de gases reguladas e de efeito estufa (CO2 fóssil), cerca de 36% dos modelos participantes precisam vir de fábrica com a etiqueta nos carros em exposição nas lojas, mas o programa deixa claro que, até 2017, mesmo que aos poucos, todos os veículos de todas as marcas terão de fixá-las, assim os compradores poderão valorizar os veículos mais eficientes.

Dicas para dirigir na chuva!

O período de chuvas está voltando aos poucos e saiba que você precisa redobrar a atenção enquanto dirige!!

A água da chuva pode cair com tamanha intensidade nos vidros, o que acaba atrapalhando a sua visão, assim como diminui a aderência dos pneus. Assista o vídeo abaixo e veja dicas de um profissional para conduzir seu carro da maneira mais segura possível em dias chuvosos:

Faça uma revisão completa do seu carro em uma de nossas lojas Asiatica, o período de chuvas deixa as pistas muito mais perigosas e o seu automóvel precisa estar devidamente preparado!

#Asiatica #Automotive #AsiaticaAutomotive #Chuva #Rain

Identifique os barulhos irritantes do seu carro

Quando surge qualquer ruído no carro, o motorista deve ser parceiro do mecânico no momento de inspecionar e apontar barulhos comuns que vão surgindo com o tempo em seu automóvel.

Normalmente com dois anos de uso e dependendo do asfalto da cidade local, alguns barulhos começam a surgir no carro; muitos são fáceis de serem identificados e a primeira atitude a ser tomada é levar o veículo ao mecânico. Dê uma volta com ele em seu carro e aponte todos os defeitos sonoros que você encontra no seu dia a dia.

image-01-535x535

Os barulhos na dianteira são os mais comuns e geralmente são ocasionados por desgaste de amortecedores, bandejas, molas, pivôs ou buchas.

Já os barulhos na traseira são ocasionados com o uso de amortecedores sem ação, escapamento solto, molas quebradas, folga na fixação do estepe e macaco, dentre muitos outros.

Caso estiver com algum desses problemas em seu carro, não perca tempo e leve-o na loja Asiatica mais perto de você. Deixe seu veículo nas mãos de nossos experientes mecânicos!

Use as setas

A seta não é apenas mais um item de design em seu carro, você precisar ligar ela antes de virar o veículo para a direita ou para a esquerda, evitando colisões geradas pela falta de sinalização de direção.

Os erros mais comuns se remetem à: baliza sem seta ligada, conversão à direita ou esquerda sem aviso, ou um esquecido que para e não sinaliza. Nestes casos, o carro que está atrás precisa freiar bruscamente ou desviar rapidamente para evitar acidentes e transtornos que afetarão não só os envolvidos na batida, mas também outros motoristas.

O uso da seta é algo simples, acionando a seta para cima você sinaliza que vai virará para a direita e para baixo à esquerda. Esse sistema atual de sinalização surgiu de acordo com a modernização dos automóveis e é dever dos guardas de trânsito multar o não o uso das setas, que é uma infração grave.

setas

Então, não se esqueça: use as setas!

Ar-condicionado ON

Ar condicionado automotivoCom o calor excessivo dessa época do ano, ao entrar no carro a primeira atitude sua é dar partida no motor e ligar o ar-condicionado, correto? Por isso, fazer a manutenção regular, além de adotar alguns hábitos ajudarão a prolongar seu tempo útil como, por exemplo, acioná-lo até mesmo nos dias frios.

Isso mesmo! Ligar o ar-condicionado periodicamente garante que o óleo presente no compressor circule e lubrifique todas as peças, evitando o ressecamento das mesmas, pois boa parte delas são feitas de borracha. Calma, você não precisa morrer de frio! Para manter o bom funcionamento do ar é necessário apenas 15 minutos com o componente acionado.

Fazer as manutenções básicas, como a troca de filtro, também são dicas básicas para otimização do conjunto. Essa troca pode ser feita a cada 10 mil Km rodados ou a cada seis meses. Além disso, fique atento a eventuais vazamentos e na recarga do gás que compõe o sistema.

Se você ainda tem dúvidas ou o ar-condicionado do seu automóvel requer cuidados mais específicos que estes, procure um centro automotivo especializado no seu veículo. A Asiatica Automotive, por exemplo, possui uma equipe especializada na manutenção preventiva e corretiva de veículos de marcas asiáticas, entre eles, a manutenção do sistema de ar-condicionado.

Seguro em qualquer contratempo

Seguro 1Fazer o seguro automotivo faz parte da cultura brasileira. Embora muitas pessoas ainda resistam em adquirir esse serviço, não podemos negar sua importância nos dias atuais. Seja para suporte técnico, roubos ou acidentes de trânsito, algumas vezes o seguro pode livrar você de grandes dores de cabeça.

Além das vantagens oferecidas por cada plano, o seguro se faz necessário por razões óbvias e que estão diretamente ligadas ao mercado automobilístico brasileiro. Os carros vendidos aqui no país ainda são muito caros se comparados a renda da população. Sob essa circunstância o valor do serviço ainda se justifica.

Outro porém está no financiamento. Muitas pessoas optam em comprar seus carros através do parcelamento de seu valor total e isso causa ainda mais apreensão, pois ninguém quer correr o risco de ser roubado e ainda ter que continuar pagando pelo veículo ausente.

Contar com a sorte deixou de ser uma opção e o seguro continua sendo a melhor arma de prevenção de qualquer cidadão. A dica é pesquisar e se informar sobre o melhor plano disponível para você, que atenda as suas necessidades e não ofereça preços abusivos. Dedique-se e faça um bom negócio!

Limpador de para-brisa é item de segurança

Limpador de para-brisaBasta imaginar-se em uma rodovia bem movimentada, durante uma pancada de chuva com toda a família dentro do carro e o limpador de para-brisa deixar de funcionar. Aterrorizante, não é mesmo? Por essas e outra que esse componente precisa ser tratado como fundamental item de segurança.

Ele é pequeno e normalmente sua revisão passa despercebida por qualquer pessoa e é aí que mora o perigo. A parte de borracha, conhecida como paleta, precisa de verificação constante, pois o seu desgaste costuma ser o principal problema da ineficiência do limpador. O recomendado é trocá-las, no máximo, uma vez por ano.

Alguns agentes externos como altas temperaturas, sujeira, materiais alcalinos ou ácidos presentes na água, são os principais responsáveis pelo ressecamento prematuro das paletas. Isso pode ser facilmente evitado esguichando-se água nos vidros uma vez ou outra ou passar um pano umedecido.

Utilizar o limpador de para-brisa com as paletas avariadas pode trazer um prejuízo ainda maior para o proprietário. Com o desgaste da borracha, o sistema do braço do motor elétrico responsável pelos movimentos do limpador acaba fazendo um esforço maior do que o normal e isso pode resultar em uma sobrecarga.

Por isso, não espere até esse equipamento te deixar na mão para investir em sua manutenção! Fique esperto!

Como funcionam os freios abs

Freio absItem obrigatório de fábrica a partir deste ano, o freio abs é um forte aliado do motorista quando o assunto é segurança. Assim como os freios a disco, eles também funcionam a partir do contato entre a pastilha e o disco, mas se diferenciam no controle de bombeamento do fluído que coordena as pastilhas: os freios a disco travam as rodas totalmente, resultando em uma frenagem brusca, já o abs permite que o motorista continue no controle do carro, pois o atrito entre pastilha e disco é parcial.

Assim que vemos um obstáculo na rua, instintivamente enfiamos o pé no freio bruscamente. Essa ação é perigosa e pode causar graves acidentes, pois os automóveis sem o sistema abs tendem a derrapar e se arrastar até que parem completamente, sem que o motorista tenha controle do carro. Nesse caso, o correto seria pisar e soltar o pedal do freio continuamente, o que seria difícil em um momento de surpresa.

O freio abs faz isso automaticamente e facilita a vida do motorista oferecendo mais segurança. Você pode pisar no pedal de freio até o fim que o sistema fará o resto. É importante ressaltar que para que ele funcione plenamente é preciso estar em dia com sua manutenção, inclusive na troca das pastilhas.

Um sistema que garante tranquilidade ao motorista e maior segurança a todos os passageiros.