Use as setas

A seta não é apenas mais um item de design em seu carro, você precisar ligar ela antes de virar o veículo para a direita ou para a esquerda, evitando colisões geradas pela falta de sinalização de direção.

Os erros mais comuns se remetem à: baliza sem seta ligada, conversão à direita ou esquerda sem aviso, ou um esquecido que para e não sinaliza. Nestes casos, o carro que está atrás precisa freiar bruscamente ou desviar rapidamente para evitar acidentes e transtornos que afetarão não só os envolvidos na batida, mas também outros motoristas.

O uso da seta é algo simples, acionando a seta para cima você sinaliza que vai virará para a direita e para baixo à esquerda. Esse sistema atual de sinalização surgiu de acordo com a modernização dos automóveis e é dever dos guardas de trânsito multar o não o uso das setas, que é uma infração grave.

setas

Então, não se esqueça: use as setas!

Perdeu os documentos? Saiba como proceder

Perdeu todos os seus documentos, inclusive a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o Certificado de Registro e Licenciamento de Veiculo (CRLV)?  Nesses casos, é preciso manter a calma e não se desesperar, pois há procedimentos que devem ser seguidos e que resolverão esse problema.

imagensdocumentosfolha

A primeira providência a ser tomada é fazer o registro do Boletim de Ocorrência, tanto da perda da CNH quanto do CRLV, sendo que a falta deste último documento impede que o veículo possa circular até que a segunda via seja emitida. O BO pode ser emitido pela internet, através do site da Secretaria de Segurança Pública, no caso do estado de São Paulo o site é http://www.ssp.sp.gov.br/nbo/. Isso garante que os documentos perdidos não sejam usados por outras pessoas de forma ilícita.

O registro do boletim não vale como segunda via dos documentos, portanto, ele não permite que o motorista circule sem esses documentos. A segunda via pode ser solicitada e emitida através de qualquer posto Detran, lembrando que será necessário o pagamento de taxas para sua emissão.  A ausência da CNH impede o motorista de dirigir qualquer veículo e, assim como a falta do CRLV, implica em infração leve com multa no valor de R$ 53,20, segundo o Código Brasileiro de Trânsito.

O melhor mesmo é não ter que passar por esse contratempo. Mas caso isso aconteça, você já sabe o que fazer.

Mulher no volante…

Mulher no volanteInfelizmente, o preconceito com relação a mulher no universo automobilístico ainda existe. E, embora elas estejam participando mais ativamente da decisão na hora da compra, geralmente são vistas como leigas quando o assunto se trata de mecânica automotiva e direção defensiva.

Surpreendente, uma pesquisa feita pela empresa Inglesa Unipart Automotive, as mulheres estão se destacando. A empresa fornecedora de peças automotivas, conta que a preocupação com a mecânica e o bom desempenho dos carros também parte do público feminino com a mesma frequência dos homens.

A pesquisa ainda apresenta dados interessantes. Foram entrevistados 2 mil homens e boa parte não sabia responder sobre as caraterísticas do automóvel: um terço desconhecia a localização do macaco e o compartimento em que se deve colocar água para refrigerar o motor, além disso, 19% não tinha ideia de como abrir o capô do carro.

Não é interessante? Agora ficou difícil dizer que mulher no volante é um perigo constante.

Keep calm e dirija consciente!

Keep CalmVocê é daqueles que se transforma quando está dirigindo? Fica agitado, mal humorado e sem paciência para nada? Se a resposta for sim, saiba que você não está sozinho e foi pensando nessa questão que nós separamos algumas dicas de como manter a calma, mesmo nas situações mais tensas. Confira:

  • O primeiro passo é admitir sua agressividade e baixa tolerância no trânsito. A partir disso você começa a enxergar melhor todas as coisas;
  • Procure ser empático e tente entender as diferentes reações das pessoas. Nem todos possuem as mesmas habilidades no volante, por isso, é importante saber que, algumas vezes, acontecerão equívocos;
  • Diante de um erro grotesco cometido por outro condutor, evite buzinar, ficar encarando ou fazer gestos. Por mais espontânea que uma dessas reações possa parecer, foque no trânsito e siga seu rumo sem tornar a situação ainda mais caótica;
  • Pedir desculpas é uma ferramenta importantíssima no desenvolvimento da gentileza do dia a dia. Mesmo que você não tenha cometido erro algum, esse gesto pode livrá-lo de conflitos e serve como exemplo para outros motoristas;
  • Se a rotina do trânsito costuma tirar você do sério, comece a sair de casa mais cedo. Veja quanto tempo você leva para chegar até o seu compromisso e calcule um tempo com boa tolerância para que você não se atrase;
  • No calor, ligue o ar condicionado para não potencializar seu estresse;
  • Ouvir música também pode ser um meio de mantê-lo mais relaxado. Escolha as que mais lhe agradam e curta o trajeto mais tranquilo.

Suas alterações emocionais influenciam diretamente na forma como você dirige seu carro e a agressividade só piora as situações. Respeito, flexibilidade, humildade e bom senso fazem das ruas um lugar melhor para se dirigir.