Saiba como aumentar a vida útil dos freios

Os freios são essenciais de segurança do veículo e mantê-los em bom estado é essencial. Por isso, separamos algumas dicas de nossos técnicos para a manutenção dos freios de seu automóvel.

– Freie, sempre que possível, com suavidade, dosando a força no pedal. Freadas bruscas aumentam o desgaste dos freios e pneus, podendo travar as rodas e aumentando o espaço necessário para parar o veículo.

– Entre nas curvas em velocidade compatível. Frear dentro da curva é possível, mas requer sensibilidade. Pise com moderação e alivie a pressão se sentir travamento de roda.

– Use numa descida a mesma marcha que usaria para subi-la. Isso poupa os freios. Jamais coloque o câmbio em ponto-morto (a popular “banguela”): o desgaste dos freios e o risco à sua segurança e à dos outros não compensam a mínima economia de combustível.

– Não desligue o motor com o carro ainda em movimento. A câmara de vácuo (servo-freio) deixará de atuar, o que torna o pedal bastante pesado. Este é, a propósito, outro risco da “banguela”: o motor pode morrer e você ficar sem freio

– O nome já diz: freio de estacionamento serve apenas para manter o carro imóvel quando estacionado. Evite aplicá-lo em movimento, o que pode bloquear as rodas traseiras e causar um “cavalo-de-pau”.

– A presença do sistema antitravamento ABS não significa que você deve frear ao máximo sem necessidade. Além do desgaste do conjunto, isso pode levar a uma colisão traseira se o veículo de trás não conseguir frear com a mesma eficiência que o seu.

1330535993302

Sempre antes de uma viagem é necessário uma avaliação do sistema de freios do veículo, de forma a proporcionar maior segurança a você e ao veículo.

Depois dessas informações, não deixe de fazer a revisão do freio do seu carro e dirija sempre com prudência.

Como funcionam os freios abs

Freio absItem obrigatório de fábrica a partir deste ano, o freio abs é um forte aliado do motorista quando o assunto é segurança. Assim como os freios a disco, eles também funcionam a partir do contato entre a pastilha e o disco, mas se diferenciam no controle de bombeamento do fluído que coordena as pastilhas: os freios a disco travam as rodas totalmente, resultando em uma frenagem brusca, já o abs permite que o motorista continue no controle do carro, pois o atrito entre pastilha e disco é parcial.

Assim que vemos um obstáculo na rua, instintivamente enfiamos o pé no freio bruscamente. Essa ação é perigosa e pode causar graves acidentes, pois os automóveis sem o sistema abs tendem a derrapar e se arrastar até que parem completamente, sem que o motorista tenha controle do carro. Nesse caso, o correto seria pisar e soltar o pedal do freio continuamente, o que seria difícil em um momento de surpresa.

O freio abs faz isso automaticamente e facilita a vida do motorista oferecendo mais segurança. Você pode pisar no pedal de freio até o fim que o sistema fará o resto. É importante ressaltar que para que ele funcione plenamente é preciso estar em dia com sua manutenção, inclusive na troca das pastilhas.

Um sistema que garante tranquilidade ao motorista e maior segurança a todos os passageiros.

As características do freio de mão

Freio de mãoO freio de estacionamento, mais conhecido como freio de mão é um dos componentes do carro que merece atenção, pois usá de maneira correta pode garantir sua eficiência por mais tempo. É importante que ele esteja sempre bem regulado para que não ofereça riscos ao condutor e seus passageiros.

Sua função principal é impedir que o veículo se movimente enquanto estiver estacionado, mas muitas pessoas possuem o hábito de utilizá-lo como auxílio na hora de arrancar em trechos de subidas mais acentuadas. Localizado entre os bancos do condutor e do passageiro, na maioria dos carros, o freio de mão é acionado por uma alavanca que quando puxada para cima, cumpre seu papel.

Em alguns carros ele pode ser acionado por um pedal e nos mais modernos sistema elétrico é acionado por um botão. Como esse componente pode apresentar falhas, seja por desgaste, maus hábitos do condutor ou eventuais problemas, fazer a sua manutenção é a melhor maneira de estar sempre prevenido. Confira algumas dicas:

  • Sempre acione o freio de mão suavemente, para evitar o desgaste prematuro. Puxá-lo de maneira bruta ou rapidamente, pode acabar afrouxando o cabo de aço ou outras partes móveis ligadas a ele;
  • É recomendado que ele produza de 3 à 4 cliques ao ser puxado. Mais que isso, pode significar que ele está desregulado;
  • A diminuição na capacidade de frenagem do carro parado implica no afrouxamento do cabo e a dificuldade para acionar ou soltar o freio de mão provoca seu estrangulamento.

Caso você identifique qualquer irregularidade nesse componente, não demore a resolver o problema pois, se ele perder sua funcionalidade, pode lhe trazer grandes problemas e causar graves acidentes.