Conheça dicas seguras para realizar ultrapassagem

Em época de feriados e mesmo nos finais de semanas agitados, a situação no trânsito se complica, tanto para quem está pegando pista ou mesmo para a mobilidade urbana.

É fundamental o motorista manter a calma e guiar de maneira tranquila o seu veículo em qualquer situação, tendo amplo conhecimento dos limites do carro e dominando as técnicas de direção.

Ajuste seu banco de acordo com sua ergonomia e com visão clara da direção dos espelhos retrovisores, pois se caso entrar em estradas, as condições podem ser irregulares ou até mesmo por mudanças nas condições climáticas, que acabam alterando a visão do motorista.

A ultrapassagem é uma manobra necessária em muitas ocasiões e exige total desempenho técnico do motorista sobre o veículo!

Assista ao vídeo abaixo e conheça técnicas de um instrutor profissional de trânsito para realizar ultrapassagens de uma maneira segura e prática:

Se beber, não arrisque

Dirigir bêbadoQuem costuma ingerir bebida alcoólica sabe o quanto é perigoso dirigir sob o efeito da bebida. Embora cientes disso, muitos ainda insistem em arriscar. Existem aqueles que possuem métodos duvidosos para inibir tais efeitos, comendo doces, bebendo café ou tomando remédios. Alguns ainda afirmam serem melhores condutores depois de beber “umas”. Por favor, não se iluda!

Mesmo que você se sinta confiante, seus reflexos psicomotores estarão comprometidos e sua visão desorganizada, por isso as chances de você provocar um acidente são altas e involuntariamente você se torna um suicida e criminoso em potencial. Os efeitos variam de pessoa para pessoa, mas em todo caso você terá que assumir os riscos.

Dirigir em estado de embriaguez no Brasil gera multa no valor de R$ 1.915,40. Além disso, o condutor pode ter a carteira de habilitação retida pelo período mínimo de 12 meses, pena de detenção que pode ser revestida em serviços comunitários e pagar fiança proporcional. A conhecida “Lei Seca” passou a aceitar diversos meios de provas para identificar se o motorista está alcoolizado, além de testes de sangue ou bafômetro. Testes clínicos, depoimentos ou vídeos podem servir como prova para apontar se o condutor está realmente embriagado.

Portanto, não arrisque! Poucos minutos podem definir o resto da sua vida.